PLANT IS THE NEW BLACK: 8 DICAS DE COMO ESCOLHER AS PLANTAS PARA DECOR

O papo hoje é planta!


Apesar de ter surgido há algum tempo, o estilo de decoração urban jungle, não é para qualquer um, pois precisa de tempo (algo que quase nunca temos), e dedicação (que já aplicamos em outras coisas que fazem parte da correria do dia a dia)... Mas neste momento tão delicado de pandemia, muitos de nós encontramos refúgio nas plantas, e muitas decorações de quem ainda não havia entrado nesta onda, ganharam mais vida.


Ter plantas em casa, além de deixá-la mais bonita, aconchegante e colorida, também ajuda na melhora da qualidade do ar (umidificando ou filtrando), auxilia no controle de temperatura, inspiram relaxamento com a sensação de paz que a natureza transmite, ajuda a diminuir o estresse, contribui para nossa criatividade, além de ter as que são comestíveis ou servem como remédio natural, podendo ser também um hobby desprendido das redes, pois precisamos prestar realmente atenção no que estamos fazendo ao cuidarmos dessas belezinhas! 



Foto de Ksenia Chernaya - Acervo Pexel

Foto de Daria Shevtsova - Acervo Pexel


Quem achou que achou que nunca teria uma plantinha e agora tem mais de 10? E quem aí quer ter, mas ainda não sabe por onde começar?


São muitas opções e informações chegando de todos os lados, e se você quer ter uma planta e não sabe por onde começar, aqui vão algumas dicas com base na vivência da louca das plantas que habita aqui na Lobo para você saber por onde começar a pesquisar a melhor opção para o seu cantinho:


1 - Nome:

Tente sempre saber qual é a plantinha que você está adquirindo, pois é a partir daí que você conseguirá pesquisar algumas coisinhas. Mas se não souber, não se desespere, há muitos aplicativos que identificam por foto e podem te ajudar nesta missão, e algum deles já vem com o kit completo de informações, facilitando a pesquisa.


2 - Iluminação:

O lugar onde você quer por sua plantinha bate sol? Não bate sol, mas tem bastante luminosidade do dia? Ahhh não bate sol e não chega muita claridade natural? A iluminação é o principal ponto para a escolha, para que a planta não morra por falta de luz ou excesso de sol.


3 - Origem:

É sempre legal sabermos a origem delas, porque isto já nos dá uma diquinha do tipo de clima que elas gostam. Por exemplo, plantas tropicais, gostam de muita luz e umidade, então precisamos de um lugar que pegue sol uma parte do dia, e borrifar para que o ar da planta ficar úmido.


4 - Porte:

Outro ponto importante é saber o porte que a plantinha escolhida chegará, tanto para ela se encaixar ao lugar onde vai ficar, quanto para que o vaso que ela será plantada tenha um tamanho ideal para o seu crescimento.


5 - Tipo de solo:

Quando compramos a plantinha é comum que ela venha no vasinho do produtor, estes normalmente são pequenos e bem simples, as vezes frágeis demais ou até mesmo podem ser saquinhos de plantio. Neste caso, teremos que replantar, e para que tenhamos sucesso, é necessário saber que tipo de solo e drenagem esta planta prefere, para ela não morrer de excesso de umidade ou sede. Para nossa sorte, há substratos prontos para todos os tipos de planta, então se você tiver a vida mais corrida, pode comprar e só fazer a drenagem no fundo do vaso antes de colocar o substrato e a planta. Mas se você preferir colocar a mão na terrinha, tem também a opção de preparar seu próprio solo com ajuda de alguns ingredientes de fácil acesso, e que as vezes temos alguns no nosso quintal, ou praças, como por exemplo, galhos, folhas e flores que caem das árvores, estes são maravilhosos para misturar na terra da plantinhas.


6 - Rega:

Vou te contar um segredo, na verdade, não é que nem receita de bolo, vale pesquisar, mas o melhor a se fazer é dedometro. Sabe como é? Simples, coloque o dedo na terra da sua plantinha e se sair sujo está ok, mas se sair seco, aí já tá na hora de regar. Salva exceções como cactos e suculentas, que tem armazenamento de água em seus caules e folhas, então preferem suas raízes mais sequinhas, logo o intervalo de rega, vai variar conforme o clima, se tiver muuuuito calor, 1 vez por semana, mas se tiver friiio que só, vale a regra dos 15 dias

O que vai determinar se esta plantinha gosta de água ou não é sua origem, lembra? O tipo de clima e tals? Isso nos indica se ela prefere solo mais úmido ou seco, aí já entra o tipo de solo, se ele vai ser mais poroso, com boa drenagem, se ele vai ser mais argiloso, acumulando umidade, ou se ele vai ser mais cascudo, mas que precisa estar sempre com um certo nível de umidade.. vai variando, e depois de um tempo, você conseguirá criar uma rotina, de dias mais específicos, pois sua planta irá se acostumar com a frequência, mas cuidado com os exageros, ou a falta de atenção.


7 - Adubação:

Nem só de água vivem essas verdinhas! Precisamos dar nutrientes para elas periodicamente. Algumas precisam receber com mais frequência que outras, mas é sempre importante adubar, pois elas não estão na natureza, então não conseguem fazer isto de forma natural e orgânica, necessitando de uma mãozinha dos humanos que tem o privilégio de cuidar delas. Há diversas opções de adubos, que vai desde o natural, que podemos fazer com alguns alimentos, até os que são criados em laboratórios tendo classificações de nutrientes diferentes e bem específicas.


8 - Toxicidade:

E por último, e muito importante, principalmente para quem tem crianças e pets, é preciso checar se a plantinha escolhida não apresenta algum grau de toxicidade. E se ela tiver e você ainda assim quiser muito, pode optar por colocar em locais de difícil acesso para os pequenos e os bichinhos, como penduradas, ou encima de prateleiras altas, sem esquecer que ela precisa pegar iluminação, então não vai grudar ela no tento em kkkk.


No final vai ser um conjunto de todos estes fatores citados acima que vão compor a obra.

Não é tão simples, mas também não é um monstro de sete cabeças né rs, caso contrário, não haveria tantas pessoas amando cultivar essas maravilhas da natureza, não é mesmo?


E aí, bora botar um verdinho por aí? Alegrar essa decor, dar de presente pras pessoas que você gosta, fazer uma atividade legal e natural com os pequenos, relaxar sentindo o cheiro da terra, e depois apreciando a beleza que só as plantas têm?


Fotos do acervo pessoal


Planta vai bem na sala, na cozinha, na varanda, no quarto, e se tiver iluminação, ela pode ir até no banheiro! E vai ficar babadeiro :O


Gostou das dicas? Conta pra gente! Se quiser saber mais sobre plantas na decoração, pede lá nos comentários do insta, pois nossa louca das plantas vai adorar te responder <3

Um beijo e até mais :D


Ah! Não esqueça de compartilhar para ajudar mais pessoas a verem que com planta, a vida é mais gostosa!


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo